LilianreinhardtArt.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Textos


imagem/LReinhardt 


Quem sabe eu possa desfolhar essa melancolia
como se desfolha uma flor recém-nascida 
recém nata da flor dolorosa  do útero
ou seja esta a mesma flor condenada a morrer  na sentença
e do mesmo caule outro botão 
irmão/ a faça reviver
quem sabe tudo  seja eterna nascença
quem sabe seja tudo esse eterno desfolhamento 
desse vazamento continuo de raízes crianças
rompendo a ira do vaso
Lilian Reinhardt
Enviado por Lilian Reinhardt em 11/08/2019
Alterado em 11/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras