LilianreinhardtArt.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Textos

Há milhares de anos
sou areia pele e vento
Sou ensimesmado caracol
Nas verrugas do tempo
Como das planícies as uvas verdes
quando o Sol se põe
Alimentando-me das tênues sombras 
dos frutos antes de adormeceram
Assim não preciso cortar do Sol 
minha fatia de girassol
Sigo com esta  côdea de raízes
 árvore de areia debulha de
sal
É preciso debulhar o mel
 
Lilian Reinhardt
Enviado por Lilian Reinhardt em 09/08/2019
Alterado em 09/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras