LilianreinhardtArt.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Textos



Não há  preliminares no umbral,chega-se como se chega em qualquer lugar com o carregamento da inocencia  deflorada, com a carga  levando toda a selva e o território das feras, pisando-se com o bico da sapatilha  a dança no gume dos olhos das falsas luzes.É noite de purpurinas e neóns e tudo é síntese das sínteses liquefeitos rostos caindo dos degraus, dos instantes, dos néons, vestes talares surradas, quem conhece o horrível gargalhar do idiota de Rimbaud...​​​​​​

 
Lilian Reinhardt
Enviado por Lilian Reinhardt em 20/11/2018
Alterado em 20/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras