LilianreinhardtArt.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Textos


imagem/LR

Primeiramente ele é sempre po
bre, e longe está de ser delicado e belo, como a maioria imagina, mas é
duro, seco, descalço e sem lar, sempre por terra e sem forro, deitando
-se ao desabrigo, às portas e nos
caminhos, porque tem a natureza da mãe, sempre convivendo com a precisão.
Segundo o o pai, porém, ele
é insidioso com o que é belo e bom, e corajoso, decidido e enérgico, caçador terrível, sempre a tecer maquinações ,
ávido de sabedoria e cheio de recursos, a filosofar por toda a vida, terrível mago, feiticeiro, sofista
e nem imortal é
a sua natureza nem mortal, e no mesmo dia ora ele germina e vive, quando enriquece;
 ora morre e de novo ressuscita, graças à natureza do pai; e o que consegue sempre lhe escapa, de
modo que nem empobrece o Amor nem enriquece, assim como também está no meio
da sabedoria e da
ignorância.
.                Platão apud O Banquete ou Symposium


http://www.lilianreinhardt.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=6503065

Deus Sive Natura
(Spinoza)
Lilian Reinhardt
Enviado por Lilian Reinhardt em 15/11/2018
Alterado em 15/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras