LilianreinhardtArte.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Textos




   Ouço minha respiração, ainda ouço a minha respiração. Não sei até quando poderei ainda senti-la ouvindo-a.. Há quantos ouvidos escuto a vida. Há quantos minutos naufrago nas ausências que em mim se fazem continentes perdidos, tábulas execredas.Uma xícara de café quente  sobre a mesa, sobre  o balcão branco da cozinha,  os olhos desconfiados do meu chão , essa fiação descontinua de viver, ora abrindo ora fechando as pálpebras já tão cansadas mas que  desde sempre, ainda inquietas abrem-se aos planos do insondável....Oh misericordia onde caminhas tu com teu  andor
que dói infinito essa maturação sobre a laje fria dessa carne que ainda respira ...é invernal tempo da vida...há quantos ouvidos eu a escuto...
Lilian Reinhardt
Enviado por Lilian Reinhardt em 08/07/2017
Alterado em 08/07/2017

Música: claire de lune - Beethoven

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras