LilianreinhardtArte.prosaeverso.net

Sensíveis Cordas!

Áudios

Lanterna de Vaga-Lumes
Data: 01/09/2013
Créditos:
Poema: Lanterna de Vaga-Lumes
Autoria e interpretação: Lilian Reinhardt
Gravação: JLSAcústica/Curitiba-PR
Dedicatória:
Aos poetas, Vaga-lumes que não deixam o sonho perecer...
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



                           
 
 LANTERNA  DE  VAGALUMES

          

 ..talvez não ilumine o mundo,
mas ilumina o coração,
não tem a energia dos faróis,
nem dos gases em combustão,
mas, guarda o relicário da verdade,
gotas de luz,
alma em botão...
Lanterna de Vagalumes,
sempre acesa,
na escuridão!...




www.lilianreinhardt.prosaeverso.net
www.cordasensivel.blogspot.com
www.poetasdelmundo.com
lanternadevagalumes.blogspot.com

Enviado por Lilian Reinhardt em 22/10/2006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras